14/2/2017
Chair no Pilates - O guia completo
A “Chair” ou Cadeira no Pilates, pode não parecer, mas é um aparelho extremamente versátil.


Cerca de 100 anos se passaram desde que Joseph Pilates implementou o seu método. Apesar da sua forma original envolver exercícios realizados no tapete, os equipamentos foram rapidamente introduzidos na rotina de quem praticava Pilates.


RESUMO DESSE ARTIGO:


O que é a Chair?


História da Chair no Pilates


Material e construção da Chair


Benefícios de exercícios com a Chair



O que a Chair é capaz de fazer?


Acima de tudo, sua principal função é proporcionar oportunidades de trabalhar com maior resistência contra o corpo.


Não julgue a Chair pelo seu tamanho, ela possui exercícios extremamente desafiadores!
Ela oferece também um trabalho de fortalecimento da parte superior do corpo (pescoço, braços, ombros), bem como, da parte inferior (glúteos e pernas).


O foco na power house e na conexão corpo e mente mais uma vez aplica-se nesse equipamento, tal como em qualquer outro criado por Joseph.


A cadeira designada “cadeira maravilha” faz realmente maravilhas pelo seu corpo.


Ela proporciona um fortalecimento e enorme bem estar da parte inferior da coluna e região pélvica.


É útil também na recuperação rápida de lesões e no alívio de dores musculares.


Embora o projeto da cadeira seja relativamente simples, existe uma infinidade de exercícios que podem ser realizados nelas, fortalecendo não só a musculatura da powerhouse, mas também de braços e pernas.

Os exercícios são diferentes mas oferecem o mesmo tipo de fortalecimento oferecido pelo Reformer. A diferença é que a cadeira é muito menor que o Reformer, e é considerada por muitos por permitir um treino mais forte que o Reformer.


No entanto pode ser utilizada por praticantes de qualquer nível mas sempre acompanhado de um professor qualificado.


A cadeira oferece menor apoio e maior amplitude de movimento. Isto exige maior força e equilíbrio por parte do praticante.


Por esta razão, tanto os novatos como os mais experientes podem sentir-se desafiados nesse maravilhoso equipamento.


HISTÓRIA DA CHAIR NO PILATES:


A Wunda Chair foi criada por Joseph Pilates que concebeu o equipamento a pensar num amigo que gostaria de ter um Reformer, mas que não tinha espaço no seu apartamento.


O equipamento é na verdade uma espécie de poltrona (e daí o nome de Chair) que se transforma num equipamento de Pilates quando deitada, e o assento, removido.


Muitos dos exercícios do Reformer são adaptados para a Chair, e muitos deles podem ser feitos em pé ou sentado.

Outra versão da história seria a de que Joseph Pilates teria observado manobras acrobáticas chinesas em uma “caixa”, que quando virada, transforma-se numa cadeira. E a base dessa história seria a preocupação de Pilates de como deveríamos sentar e deitar corretamente, e por isso, teria começado a pensar num mobiliário que fosse “amigo” de uma coluna saudável.


Embora a cadeira tenha sido projetada há cerca de um século atrás, nos dias de hoje tem uma enorme popularidade nos estúdios de Pilates.


Ela foi desenvolvida especificamente para a realização de exercícios cujo objetivo sejam tonificar os músculos e melhorar a conexão mente-corpo.


E este equipamento é indicado em todas as idades, sejam os indivíduos jovens ou idosos, grávidas, com osteoporose, problemas de pressão arterial ou sinusite.


Classificaçao do grupo da “Chair”:


Low Chair;


High chair (eletric);


Combination chair (low+high);


Arm chair.


E quais serão as características desta cadeira tão peculiar?


Ela geralmente é feita em madeira dura, mais especificamente de carvalho.


A Chair possui um assento espaçoso, um forte enchimento de espuma, pedais ligados a molas de diferentes tensões e estruturas de aço.


Alguns modelos já oferecem rodas para transporte, já que é um equipamento pesado. Os movimentos a serem realizados nessa cadeira podem ser em diferentes posturas, seja sentado, deitado, em decúbito dorsal (costas no chão), em pé de frente ou de costas, em decúbito ventral (de barriga para baixo), de lado em pé, deitado ou sentado.


Confira as partes da Chair:


2 pedais com movimentos dependentes ou independentes


Ajuste de molas de maior ou menor intensidade do exercício


Estrutura de grande durabilidade feita em madeira e metal


Pedais e assento com espuma confortável e revestida em couro ou plástico resistente a transpiração


Apoios laterais de mãos removíveis


4 molas com opções de regulagem


Veja as medidas mais comuns da Chair:


Largura: 0,55m


Comprimento: 0,80m


Altura: 0,60m ou 1,41m com barras laterais


Peso: 31,75 kg ou 37,19kg com barras laterais


Benefícios de exercícios Com a Chair

Uma das maiores atrações para se escolher a cadeira em detrimento de outro equipamento é sem dúvida a sua acessibilidade, já que o Reformer é bem mais caro. Além disso, oferece um fácil transporte.


Comparativamente ao exercícios de solo (matwork), a cadeira oferece um treino diferente, mais intenso e em menos tempo. Ela também é mais eficaz no aumento da força, resistência muscular e da flexibilidade.


Ao invés de usar o peso do próprio corpo e da gravidade, na cadeira lutamos contra uma resistência oferecida por molas, o que beneficia e muito a fluidez de movimentos quando tiramos essa carga adicional.


Em suma, os benefícios provenientes da utilização deste equipamento são:


Melhora a postura através de exercícios pélvicos e estabilização escapular;


Melhora o equilíbrio quando sentado, em pé ou deitado;


Promoção da flexão da coluna, extensão e flexão lateral através das muitas posições de alongamento;


Aumenta a força do tecido muscular, assim como a sua função metabólica;


Melhora do humor e dos níveis de energia;


Activa a musculatura da lombar, torácica e cervical, glúteos, ombros, abdominais e região pélvica
Ótimo para alongar pernas e musculatura da coluna;


Alivia as tensões da musculatura da coluna (lombar), elevador da escápula, escalenos e trapézio;


Fortalece a musculatura abdominal (retos, oblíquos e transverso), costas e ombros;


Alivia a tensão dos músculos;


Melhora a postura e a consciencia corporal;


Melhora a força e estabilidade do centro de força (power house);


Promove a reabilitação em caso de desvios posturais e bloqueios articulares;


Melhora o controle muscular;


Alívio das dores musculares e do estresse, reduzindo as tensões musculares;


Melhora a capacidade respiratória;


Relaxamento muscular;


Melhora a consciência corporal;


Reduz o estresse;


Útil na preparação esportiva, na reabilitação de lesões e na aptidão funcional para atividades da vida diária;


Ajuda a aumentar a amplitude de movimento articular;


Melhora a circulação;


Melhora a aparência do corpo;


Aumenta a coordenação neuromuscular.


Vários exercícios de solo podem ser feitos na Chair.

Fonte: Canal pilates
   lista de notícias
Seja um profissional certificado!
51 3085 0810
RIO DE JANEIRO
Ed Continuada - Pilates nas Disfunções ... 
Início: 23/9/2017
RIO DE JANEIRO
Ed Continuada - Pilates para Gestantes ... 
Início: 24/9/2017
SANTA MARIA
Ed Continuada - Pilates nas Disfunções ... 
Início: 7/10/2017
SANTA MARIA
Ed Continuada - Pilates para Gestantes ... 
Início: 8/10/2017
CURITIBA
Ed Continuada - Pilates nas Disfunções ... 
Início: 23/11/2017
CURITIBA
Ed Continuada - Pilates para Gestantes ... 
Início: 24/11/2017
ARACATUBA
Ed Continuada - Pilates nas Disfunções ... 
Início: 25/11/2017
ARACATUBA
Ed Continuada - Pilates para Gestantes ... 
Início: 26/11/2017
ABP - Associação Brasileira de Pilates - Original Pilates
medialine